A HUMANIDADE | Sertão Nosso
A HUMANIDADE
10/10/2019 às 19:24

A HUMANIDADE

Autor: Lenival de Andrade

Senhoras e senhores

Vejam bem

É preciso distinguir

A pessoa comum da pessoa rara

Pois muitas pessoas são como os políticos

Prometem mundos e fundos

E não cumprem com a palavra

Na verdade não fazem nada

Muitas pessoas hoje em dia

Pelas covardias e absurdos que fazem

Merecem mesmo um segundo dilúvio

Ou até serem queimadas no fogo

Existe entre os terráqueos

Uma verdadeira raça de víboras

Pessoas que destroem uns aos outros

Só falam por trás

Numa tremenda covardia

É mais fácil ver-se os defeitos

Quando as virtudes ficam ocultas

Os homens são corruptos na maioria

E muitas mulheres são adulteras

Quem vê cara não vê coração

Essa é na verdade

A humanidade

Obs.:Não quis nesse texto generalizar , é a pura verdade, mas sei que ainda existem alguns(POUCOS) HOMENS e (POUCAS) MULHERES de bem. Fiquem com DEUS.

Deixe seu comentário