CULTURA - 11/03/2018 127 visualizações

Usina abre exposição ‘Em órbita’, de Mirabeau Menezes


Catolé do Rocha/PB




Usina abre exposição ‘Em órbita’, de Mirabeau Menezes

Nesta quinta-feira, 08 de março, a Usina Cultural Energisa abre a exposição ‘Em órbita’, individual do artista plástico paraibano Mirabeau Menezes, selecionados a partir do Edital de Ocupação 2017/2018 da Galeria de Arte da Usina. O vernissage começa às 20h, na Usina Cultural Energisa, em João Pessoa.

A mostra ‘Em órbita’, expõe 20 trabalhos inéditos, entre desenhos e pinturas óleo sobre tela, recém produzidas pelo artista entre 2016 e 2018, e tem curadoria do artista visual Dyógenes Chaves. A visitação é aberta ao público e fica em cartaz de 08 a 31 de março, de terça a domingo, das 14h às 20h.

O Edital de Ocupação da Galeria 2017/2018 é realizado e patrocinado pela Energisa Paraíba, por meio da Lei Rouanet (Ministério da Cultura).

Mirabeau Menezes iniciou nos anos 1980, em São Paulo, sendo autodidata na arte e participando de diversas exposições e salões de arte, eventos culturais e artísticos no ABC Paulista e na cidade também na cidade de São Paulo, sendo premiado em diversos salões de artes no interior paulista. Em seus trabalhos, sempre expressava saudades da sua terra e trazia consigo outros conhecimentos e enriquecimentos culturais e intelectuais. Sua arte sempre teve um cunho expressivo tanto na aquarela, bico de pena ou óleo sobre tela, além de esculturas, pintura (acrílica sobre tela) e diversas outras técnicas. Sua produção em São Paulo foi grandiosa, marcou seu estilo próprio em harmonia, cores e formas com uma composição em transparências de cores entre luz e sombra.

A arte de Mirabeau nos faz criar um imaginário de uma forma singela e criativa de deuses egípcios com vestuários criados por ele mesmo, dando a entender que o artista mostra maturidade naquilo que faz. Em sua trajetória, desde a infância, teve o experimento de várias técnicas nas diversas áreas da arte, e isto enobreceu e valorizou o seu trabalho figurativo, abstrato e nos painéis cerâmicos tridimensionais.
Hoje, nesta exposição individual (óleo sobre tela) “Em Órbita”, ele mostra ser um dos grandes artistas da arte brasileira.


O Edital 2017-2018 selecionou 19 artistas, todos paraibanos. São eles: Everton David, Flauberto, Leandro Pereira da Costa, Mirabeau Menezes, Addisseny, Alessandra Soares, Antonio Filho, Ariel Coletivo Literário, Erik Kleiver, Artur Maia, Geóstenys Melo, João Vianey, Karla Noronha, Luciana Urtiga, Meiacor (Américo Gomes de Almeida Filho), Paulo Rossi, Ton Limongi, Versales (Luiz Ricardo Sales) e Vinagre. Além deles, Flavio Tavares e Roberto Coura foram os artistas convidados a compor esse seleto time, em reconhecimento a obra de ambos.

A programação de arte visual da Usina tem intuito de incentivar e expandir a cultura e a arte local aos Paraibanos.

Serviço:
Exposição ‘Em órbita’, de Mirabeau Menezes
Data: Abertura nesta quinta-feira, 08 de março, às 20h (vernissage)
Exposição aberta ao público de 08 a 31 de março, de terça a domingo, das 14h às 20h.
Local: Usina Cultural Energisa
Rua João Bernardo de Albuquerque, 243 - Tambiá - João Pessoa-PB
Entrada Gratuita
www.uceocupacaoartesvisuais.com.br


Contato Curadoria:
Dyógenes Chaves
Tel: (83) 9 8808-7877

Contatos Artistas:

Mirabeau Menezes
Fone: (83) 98840.9037

Currículo do artista

Mirabeau Menezes (Mirabeau de Menezes Pontes) nasceu em João Pessoa, Paraíba, 1964, onde vive e trabalha. É artista visual. Autodidata.
Principais exposições individuais: Clube Piratininga (São Paulo, 1985); Espaço Cultural Sambra (São Paulo, 1985); Oficina Literária (João Pessoa, 1985); Galeria Athaendy (João Pessoa, 1987); Amaral Galeria de Arte (Uberaba-MG, 1991); Escritório de Arte Suzete Forte (João Pessoa, 1991); Galeria Belas Artes (João Pessoa, 1994); Área de Integração Cultural (TRT, João Pessoa, 1996 e 2000); Soneto das Cores (Galeria Gamela, João Pessoa, 1998); Infinitamente (Galeria Gamela, 2003); Junta da Freguesia de Ovar (Ovar/Portugal, 2003 e 2004); Museu Bernardino Machado (Famalicão/Portugal, 2004); Museu de Ovar (Ovar, 2006); Veredas (Centro Cultural Cobrás, João Pessoa, 2006); Falal (Espaço Cultural Bonfim, João Pessoa, 2007); Louro & Canela Galeria de Arte, João Pessoa, 2008); Senado Federal (Brasília-DF, 2008); Cidade do Porto em Portugal Galeria LARTE (Porto/Portugal, 2013).
Principais exposições coletivas: Salão Cabo Branco – Orla Marítima (Galeria Gamela, 1983); I LeiloArte (Clube Ástrea, João Pessoa, 1983); Galeria Gamela (João Pessoa, 1983); Artistas paraibanos (Guarabira-PB, 1983); XI Salão Nacional de Artes Plásticas Benedito Calixto – Prêmio (Itanhaém-SP, 1985); XVI Salão Ararense de Artes Plásticas (Araras-SP, 1985); I Salão Regional da Grande São Paulo – Prêmio (Diadema-SP, 1985); II Prêmio Pirelli Pintura Jovem (São Paulo, 1985); V Salão de Arte Contemporânea de São José dos Campos (1985); XII Salão Limeirense de Arte Contemporânea (1985); VI Salão Nacional de Artes Plásticas – Mostra Norte-Nordeste (Funesc, 1986); I e II Arte Atual Paraibana (Funesc, 1988 e 1990); Bicho voante (Cajazeiras-PB, 1991); Coletiva Iris Verde (João Pessoa, 1993) VII SAMAP (João Pessoa, 1994); Futebol: Paixão e Arte do Povo Brasileiro (Galeria Archidy Picado, 1997); Museu da Pampulha (Belo Horizonte-MG, 2003); Casa do Brasil (Madri/Espanha, 2003); Canning House Gallery (Londres/Inglaterra, 2003); Artistas Paraibanos (Estação Cabo Branco, João Pessoa, 2008); Artistas Brasileiros (Senado Federal, Brasília, 2008); Centro Cultural dos Correios (São Paulo, 2013); Salão de Arte de Limeira (São Paulo, 2014); Salão de Arte de Osasco (São Paulo, 2014); Galeria Artbrasileira (Flórida, EUA, 2014); Salão de Arte de Ribeirão Preto (São Paulo, 2015).

A Usina

A Usina Cultural Energisa, desde sua criação em 2003, tem sido palco de grandes eventos, como o Festival de Cinema de Países de Língua Portuguesa (Cineport), Prêmio Energisa de Artes Visuais, entre outros. E a Usina não para. Uma programação mensal com projetos permanentes como Usina da Música, Domingo na Usina, Violadas, e espaços como a Galeria de Arte, Livraria da Usina, Espaço Energia e Café da Usina, atraem diariamente um público interessado em apreciar shows, concertos, exposições, lançamentos de livros, cinema, teatro.

Em 2015, retomamos a ocupação da galeria de arte da Usina com uma série de exposições, coletivas e individuais, com destaque para a produção local e propondo o reconhecimento desses artistas, notadamente daqueles talentos surgidos no Arte na Empresa, programa de exposições realizado ininterruptamente pela Energisa, na Paraíba, desde 2008, nas cidades de Patos, Campina Grande e João Pessoa.

As exposições desta temporada “local” se estenderão até meados de 2018, sendo a galeria ocupada periodicamente por coletivas e individuais, de artistas selecionados pelo Edital de Ocupação da Usina Cultural Energisa 2017-2018. Com essa iniciativa, o público tem oportunidade de melhor conhecer a produção dos artistas da nossa terra.

Mais Informações:
Gerência de Comunicação e Marketing
Energisa Paraíba / Energisa Borborema
(83) 2106-7017 / 2106-7627

Outras notícias